11 julho 2014

Filme:Um Outro Encontro

Olá, paz do Senhor!

Peço desculpas a todos, pois estou bem atrasada com essa resenha afinal faz já algum tempo que o vi, mas vamos lá!


Sinopse: Sarah -- filha de Nikki -, agora com 19 anos, prepara-se para estudar em uma universidade no Oeste do país, quando se encontra em sua própria encruzilhada espiritual. Para piorar a situação, sua mãe lhe revela que, há quase uma década, tinha sido a convidada de um jantar com o Todo-Poderoso. Então, não acreditando nas palavras de sua mãe, Sarah acha que Nikki não está em seu perfeito juízo.
No entanto, durante a viagem da jovem rumo à universidade, ela conhece um estranho com o qual tem uma inesperada amizade e acaba dividindo seu descontentamento com a religião da qual faz parte. Vítima de abuso sexual e movida por sentimentos de angústia e dúvida, Sarah busca respostas que lhe mostrem onde estava Deus quando ela mais precisava dEle.
Como se sentisse perfeitamente toda a dor e o sofrimento vivido por Sarah, esse desconhecido fala profundamente à alma da moça. Será que, por dar ouvidos a Ele, ela está ficando louca ou realmente escutou a voz do Senhor?
 


Sara é filha de Nikkie que após ter um encontro com Jesus (1º filme) converte-se para os caminhos de luz junto com seu marido. Mas sua filha, apesar de sempre estar na igreja, participar de grupo de jovens e etc... Nunca teve um relacionamento real com Deus.

Um outro encontro é a continuação do filme: “Um Encontro Perfeito” (que já foi feito resenha.) que fala basicamente do quão grande é o amor do nosso Deus por nós e do quanto Ele quer que nos aproximemos e fiquemos com ele para sempre. E o filme “Um Outro Encontro” também possui uma mensagem bastante forte. Fala sobre religião.


Não, o filme não diz que só deveria existir o cristianismo ou que a religião é o caminho. Pelo contrário, mostra o que todos nós sabemos, mas uma grande maioria esquece: a religião não é o caminho, mas sim Cristo.

Hoje em dia muitos cristãos se envolveram com regras, doutrinas e se esqueceram do que realmente importa: Deus. Muitos também podem passar a vida inteira dentro da igreja, mas não conseguem ter o relacionamento com Ele, pois não se aproximam.

Com esse filme pude perceber mais uma vez que todos nós necessitamos de Deus. Não de uma religião ou status, nem mesmo o ar é tão importante, mas uma vida com Deus sim.

Espero que tenham gostado da resenha/ dica de filme pra esse fim de semana. 

Ah!Antes que eu esqueça, gostaram do novo desing?


Fiquem com Deus!

2 comentários

  1. Já vi o primeiro filme mas não sabia que ele tinha continuação.Muito boa resenha, estou curiosa e já pedi pra minha mãe ir ver na locadora para alugar rs'
    Adorei o blog!
    Deus abençoe :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sabia que tinha, uma amiga me falou e por eu ter gostado do primeiro filme corri pra ver o segundo rs'
      Assista flor é muito bom mesmo!
      Que bom que gostou da resenha!
      Fica com Deus!

      Excluir