25 julho 2014

Resenha: A Seleção

Oi,oi paz do Senhor!

O mundo lá fora não está pra brincadeira, e desde que me converti tomo muito cuidado com o que assisto com quem falo e com o que leio. Então pesquisei muito sobre a trilogia “A Seleção” de Kiera Cass antes de começar a ler.Confira a seguir a resenha do primeiro livro : A Seleção


Titulo:A Seleção
Autor(a): Kiera Cass
Editora:Seguinte
Ano:2012
Páginas:272
Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.
  






Bem o livro é muito, mas muito bom mesmo! A leitura é bem rápida, amei isso, pois queria acabar o mais rápido possível com essa trilogia e ir para outros livros. A forma da Kiera de escrever é super cativante, assim como os personagens.

América e Maxon são obviamente meus personagens favoritos, enquanto que Celeste e Aspen são os que eu menos gosto. Maxon é o tipo de Príncipe (literalmente) que todos sonham afinal ele é muito gentil e fofo, America a típica protagonista cabeça dura (risos), mas é bastante corajosa e não aceita abandonar seu verdadeiro eu.

Os dois me encantaram, assim como certos personagens seculares. De fato eu creio que nunca fiquei tao apaixonada por um enredo como fiquei com “A Seleção”

Estava à procura de um livro que possuísse romance, e A Seleção tem isso e muito mais!A uma tensão gerada por dois grupos rebeldes: Nortista e sulistas. E o conflito silencioso do coração de América.

Envolvi-me muito com a história, acabando por ficar intima de todos e triste quando chegou ao fim. Mas após “A Seleção” possui o livro “A Elite”, em breve trarei resenha desses livros que são dignos de serem lidos por todos!

Como eu disse pesquisei bastante antes de me jogar na leitura dessa história, afinal não é um livro cristão, mas está totalmente recomendado!



Esse é o fim da resenha para quem não gosta de spoliers.

Agora vamos aos spoliers que mostram os porquês de eu ter certas opiniões sobre os personagens/ enredo.

Antes de ser anunciado as 35 jovens que irão fazer parte da competição, América está lá com seu namorado, o amor de sua vida. Até aí ok, o problema é que ele termina com ela, a deixando de coração partindo. E então ela é uma das selecionadas e na primeira noite quer fugir da “jaula bonita” e se depara com o Maxon.

Ele como um príncipe digno, é gentil e até a chama de querida, mas América não quer ser chamada assim, o que prova que ela tem personalidade forte. E em seguida eles começam a ser amigos, mas Maxon quer casar com ela, e mais uma vez Aspen estraga tudo chegando ao palácio simplesmente querendo tomar posse dela!

O cara terminou com a América, a deixou de coração partido e pensa que é só assim! Chegar e pegar de volta o que é dele! É por essas e outras que não posso ver o Aspen na minha frente. Mas tem também a Celeste que é o mais baixo tipo de mulher que existe nesse mundo. Ela arma para que outras pessoas saiam da competição, tenta tirar a América e muito mais!

O rei é um homem esnobe de mais pro meu gosto, simplesmente não confio nele, assim como também não confio da mãe da América.

Mas em fim, já falei que a escrita da Kiera é incrível, mas é importante ressaltar que cada sentimento da América (afinal o livro é por sua visão) toca no seu intimo, você consegue se sentir lá e isso é muito importante.

É certo que os rebeldes não foram muito explorados nesse livro, mas como é uma trilogia não me preocupei muito com isso, sei que muito aguarda os leitores dessa história. Essa foi só uma introdução de uma história que tem muito pra dar, então aguardem a próxima resenha!



Fiquem com Deus!




4 comentários

  1. Paz, Fernanda! Ótima dica de leitura pra quem está a fim de um enredo bem romântico.
    Estou passando pra dizer que te indiquei pra fazer a tag conhecendo o blog: http://oadoradorquesou.blogspot.com.br/2014/07/tag-post-conhecendo-o-blog.html
    Espero que você goste. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz xará rs'
      É sim uma ótima leitura, até agora estou apaixonada pelo enredo rs'
      Obrigada pela indicação e por avisar!
      Fica com Deus! :)

      Excluir
  2. Ola, apesar de eu não gostar muito de histórias de princesas rsrsrs
    Gostei muito da resenha (:
    E outro fator que gostei é que o livro possui uma leitura fluida, e esse é meu estilo de leitura favorito, pois a pessoa viaja na história <3 Se possível, visite meu blog literário: leiturasdocarlinhos.blogspot.com
    Um abraço o/

    ResponderExcluir
  3. Eu como sou super curiosa, tive que ler toda a parte dos spoilers! hahahaha e fiquei ainda mais curiosa pra ler esse livro! :D

    beeeijos,
    Miss Sainha

    ResponderExcluir